FANDOM


Sobre Editar

Dias depois do segundo turno em São Paulo, o jornalista e âncora da CBN Milton Jung lançou um desafio aos ouvintes. Ele convidou o público a adotar um vereador. Afinal, São Paulo tem 8 milhões de eleitores. Mas apenas 55 parlamentares. Ou seja, muita gente votou em alguém que não ganhou. Entretanto, os eleitos não representam apenas aqueles que votaram neles; representam toda a sociedade paulistana.

Veja o que ele disse:

"O Adote um vereador começou com este objetivo: encontre alguém que pense próximo de você, e passe a acompanhar o trabalho dele, e usá-lo para levar suas propostas à Câmara. Em pouco tempo, os ouvintes-internautas “desvirtuaram” a idéia e passaram a escolher aquele vereador que eles menos gostam e, assim, pretendem fiscalizá-lo de perto, acompanhar seu comportamento, verificar quanto gastam para manter o gabinete, se comparecem à Câmara ou participação das comissões permanentes."

Fonte: Blog do Ronaldo

Apesar de serem programas diferentes, o Instituto Ágora em Defesa do Eleitor e da Democracia também mantinha um projeto com o nome "Adote um Vereador". O programa do "Adote", promovido pelo Instituto Ágora, em sua origem, foi pensado tendo por público as escolas públicas e suas comunidades escolares. A idéia do verbo adotar, evidentemente, pressupõe um entre aspas, na medida em que deseja invocar na realidade a idéia de fiscalizar.

No primeiro semestre de 2008, a organização não-governamental Voto Consciente criou anúncios publicitários que provocavam o eleitor: "Você controlaria o que os seus filhos assistem na TV só uma vez a cada 4 anos?"; "Você controlaria as despesas da sua empresa só uma vez a cada 4 anos?"; "Você controlaria sua conta bancária só uma vez a cada 4 anos?"; e "Você controlaria as vendas do seu negócio só uma vez a cada 4 anos?". O lema da campanha foi "Controle os políticos. Ou os políticos controlam você".

O Instituto Ágora segue desenvolvendo o programa "Adote" um Vereador para pessoas jurídicas (escolas da rede pública) e pessoas físicas (eleitores e eleitoras) municiando-os de informações sobre as Câmaras Municipais, em São Paulo e Rio de Janeiro.

Após o lançamento da idéia no programa CBN São Paulo, a rádio CBN de Maringá decidiu adotar a proposta e lançou na cidade do interior do Paraná a campanha convidando os ouvintes a acompanharem o trabalho dos vereadores.

No começo de janeiro foi criada essa plataforma wiki do "Adote", que vem sendo mantida, de forma voluntária, seguindo os princípios da Wikimedia Brasil, por cidadãos brasileiros ou que residem no Brasil. Desde então, o "Adote" expandiu-se para outras cidades, contando com esse sistema para organização de informações e uma lista de emails, onde todos os envolvidos podem participar. O jornalista Milton Jung tem sido fundamental na divulgação do projeto, graças a sua alta audiência entre os ouvintes da rádio CBN e abertura de espaço na rádio que vem dando para cidadãos e políticos.

O projeto "Adote" um Vereador possui contas nos sistemas de micro-blogging identi.ca e Twitter, e também uma comunidade no orkut.

Links externos Editar

Assista o vídeo

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória